Início A Empresa Produtos Contactos Onde estamos

DETECÇÃO DE INCÊNDIO E GASES

Intrusão

Sistema Automático de Detecção de Incêndio (SADI)

O sistema Automático de Detecção de Incêndios controla em permanência os sinais de início de um fogo e vai informar da ocorrência de um incêndio num determinado local. O mesmo é composto por uma Central de Detecção de Incêndios e por detectores, de fumo, de chama ou calor, por botões de emergência, alarme sonoros e/ou luminosos, pode também activar mecanismos de extinção (água espuma ou gás). Existem dois tipos de sistemas de detecção de incêndios, o convencional, e o analógico/endereçável. O sistema dedetecção de incêndio convencional é composto genericamente por uma Central com várias zonas de detecção. Cada zona é constituída por um grupo de detectores, em caso de alarme a informação fornecida é referente à zona. Geralmente os diferentes elementos de detecção e alarme são separados, sendo uma ou mais zonas para detectores de fumo, térmicos, e outras só para botoneiras de emergência.

No sistema de detecção de incêndio endereçável todos os detectores têm um endereço, e são identificados individualmente na Central. Este sistema de detecção de incêndio endereçável é mais eficaz que o convencional, permitindo uma identificação exacta dos locais do inicio do incêndio o que torna a intervenção mas rápida e eficaz.

bd

Sistema de detecção de gás

A detecção de gases é efectuada utilizando detectores específicos para cada tipo de gás. Esta detecção é geralmente efectuada por uma central que recebe as informações provenientes dos diversos tipos de detectores e actua em conformidade com o tipo de gás detectado.
Principais gases medidos, são os gazes inflamáveis ( Metano, Butano Propano), tóxicos (Monóxido de carbono e Dióxido de Carbono) e o Oxigénio. Consulte-nos para o vosso projecto de SADI sem compromisso.
fg

VOLTARbgunipbginimbgfg

Livro de reclamaçõesbd  

Bande

© Alarme Protecção do Liz. 2019